O ministro do Turismo, Marx Beltrão, recebeu nos dias 18 e 19 de abril gestores do turismo estaduais e nacionais, além de líderes parlamentares dos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Na ocasião, recebeu o documento "O Sul é Meu Destino", que prevê a promoção conjunta dos três estados no Brasil e países do Mercosul, além de buscar mais espaço de divulgação pelo MTur. O ministro repassou a área técnica o documento, para que sejam analisadas as propostas. O grupo irá identificar potenciais mercados geradores de fluxo turístico nos países do Mercosul e outros estados brasileiros.


"Reconhecemos a importância do Sul para o turismo, porque todos os seus estados têm atrativos capazes de encantar os visitantes”, destacou  Beltrão. O sul do Brasil é uma das regiões que concentra a maior diversidade de culturas, gastronomia variada e inúmeros atrativos naturais. Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul reúnem centenas de nacionalidades por conta dos imigrantes que aqui chegaram. A região ainda possui atrativos conhecidos internacionalmente, como Foz do Iguaçu e a Ilha do Mel (PR), Beto Carrero World e o badalado litoral de Santa Catarina, além da serra gaúcha com seus canyons e cidades esplendorosas, como Gramado.

Porém, em relação a estados do nordeste e sudeste, o sul não tem ainda a visibilidade com o destaque devido, por parte do Ministério do Turismo. Essa maior participação na promoção turística foi uma das principais pautas do encontro. Marx Beltrão enfatizou que cada estado também deve manter as ações para popularizar os destinos, pediu apoio ao Congresso Nacional aos projetos sobre a revisão da Lei Geral do Turismo, além da abertura de empresas aéreas ao capital estrangeiro e o novo modelo de atuação da Embratur.

"Uma aproximação que se faz bastante necessária. É uma maneira objetiva de se tratar deste tema importante que é a promoção turística dos estados do Sul”, destacou o secretário do Esporte e do Turismo do Paraná, deputado licenciado Douglas Fabrício. "É o segmento certo para alavancar a economia regional e nacional. A partir desta audiência, com certeza, iremos encaminhar de forma positiva a questão da promoção do Turismo no Sul do Brasil”, destacou o presidente da Paraná Turismo, Jacó Gimennes.

“Nós vamos ter uma campanha reforçada para além das que já temos na América do Sul, inserindo produtos turísticos dos estados do Sul do Brasil nesse mercado", destacou o presidente da Embratur, Vinicius Lummertz. Para ele, é preciso trabalhar em conjunto para que as ações tenham resultado. “Propomos uma reorganização do Turismo e do Brasil", completou.